comprar algo e depois descontar da mesada incentiva as dívidas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

comprar algo e depois descontar da mesada incentiva as dívidas

Mensagem por Mauricio Katayama em Ter Set 23, 2008 3:15 am

Educação financeira: comprar algo e depois descontar da mesada incentiva as dívidas

Por: Roberta de Matos Vilas Boas
InfoMoney

SÃO PAULO - Na educação financeira dos filhos, comprar um brinquedo ou outro produto para depois ir descontando da mesada é um grande erro. Segundo a coordenadora do programa Mulheres em Ação da Bovespa, Ângela Barros, esse tipo de atitude incentiva a cultura da dívida.

Para ela, a mesada é a melhor forma de se educar financeiramente
as crianças, mas Ângela também indica que os pais devem dar o dinheiro
separado em dois envelopes, sendo um com a quantia que o filho pode
gastar, e o outro com o dinheiro que deve guardar. "A criança tem que
sentir o dinheiro saindo, lidar, conhecer a cédula, e a mesada é a
melhor ferramenta", afirma

Papel das mulheres
Ângela também afirma que as mulheres, por serem mais preocupadas com o
futuro e a educação de seus filhos, têm um papel fundamental para
passar conhecimentos financeiros.
Para ela, mesmo quando o filho ainda é bebê, e estiver chorando, a mãe
não deve se desesperar para fazê-lo parar. "Assim, já está passando
noções de espera", explica.

Ela também considera que, quando os pais forem abrir uma conta poupança
para a criança, devem levá-la junto, para que já possa ter contato com
o mundo financeiro, e saiba de onde vem o dinheiro. "A partir do
momento que a criança tem noção do dinheiro, tem que explicar sobre
investimentos, e a importância de economizar", considera.

Durante palestra na Expo Money São Paulo, a coordenadora do Mulheres em
Ação afirmou que, atualmente, já existem mães e avós que dão a seus
filhos cotas em clubes de investimentos como presente de aniversário ou
dia das crianças.

Para Ângela, os pais também devem lembrar aos filhos que começarem a
trabalhar sobre as oportunidades de investimento do dinheiro. "Começou
a trabalhar tem que falar para separar, porque quando a pessoa ainda é
jovem dá para poupar 50% (do salário) por mês, hábito que, em alguns
anos, tem o efeito bola de neve", afirma ela, lembrando que, com a
incidência de juros, o dinheiro guardado irá crescer de forma
significativa, podendo ser de grande ajuda no futuro.

Fonte: http://web.infomoney.com.br//templates/news/view.asp?codigo=1322095&path=/suasfinancas/

Comentário do Maurício: a matéria é legal, mas não concordo muito em dar uma cota de fundo de investimento como presente de dia das crianças. É um presente intangível, não creio que seja bem recebido pela criança. Pior é o comentário com os coleguinhas na escola "no dia das crianças eu ganhei ações..." não soa bem. Creio que há mais educação financeira em presenteá-las aos poucos com pequenas quantias em dinheiro que elas vão poupando para comprar o presente à sua escolha na data especial. Os investimentos de papel ficam para quando a criança perguntar por eles.

_________________
"Informação + Educação = Conhecimento" - Robert Kiyosaki
Fórum Clube do Pai Rico - http://www.clubedopairico.com.br/forum/index.php
avatar
Mauricio Katayama
Administrador
Administrador

Masculino Número de Mensagens : 803
Data de inscrição : 25/07/2008

Ver perfil do usuário http://investidores.forum3.info

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comprar algo e depois descontar da mesada incentiva as dívidas

Mensagem por FabioA3 em Qui Set 25, 2008 10:54 am

Eu não conheço a formula para educar financeiramente os filhos. Eu mesmo não sei como eu fui me interessar por isto. A matéria é boa, mas diria que comigo, se minha mãe tivesse praticado este "desconto em folha", não teria atrapalhado minha educação financeira não. Eu acho é que iria me estimular a pensar no próximo mês, e no deficit que eu teria.

FabioA3
Investidor em Treinamento
Investidor em Treinamento

Masculino Número de Mensagens : 69
Data de inscrição : 01/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comprar algo e depois descontar da mesada incentiva as dívidas

Mensagem por kikitsune em Qui Set 25, 2008 4:44 pm

Mas fabio, isso é você adulto falando que não afetaria. Uma vez que você - adulto - já tem sólida formação em vários sentidos, não dá para testemunhar em favor de si mesmo criança.

Tipo eu na feira com minha mãe. Ela deu nota de cinquenta e recebeu de troco 9 notas de cinco, duas notas de 3 e algumas moedas. O que Kiki criança disse?

"Puxa mamãe, você ganhou MAIS dinheiro"

Isso foi o que MINHA MÃE me contou. Mas para Kiki isso é um absurdo, eu "nunca diria uma besteira dessas". Claro que eu não me lembro, mas a questão é que eu nunca diria uma besteira dessas depois de meus dez anos de idade. Mas o fato ocorreu quando eu tinha 3 anos de idade!

Em educação chamamos isso de conceito espontâneo. Outro exemplo: corpos mais pesados caem mais rapido (quando na verdade o problema é resistência do ar). Não é trivial convencer alunos do colegial que isso não é bem assim...

kikitsune
Poupador
Poupador

Feminino Número de Mensagens : 34
Data de inscrição : 04/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comprar algo e depois descontar da mesada incentiva as dívidas

Mensagem por Ogro do Cerrado em Ter Out 07, 2008 5:41 pm

Que coisa... Eu já fiz isso... A última vez foi essa semana, adiantando 2/3 do dinheiro da mesada (R$ 30) para compra de um presente de aniversário para um coleguinha - fui mal? Depois pensei que deveria rachar a despesa...

Dou uma mesada e oriento eles guardarem tudo ou pelo menos 2/3. O dinheiro vai para um porquinho Embarassed que é quebrado no final do ano. O dinheiro para compra de presentes de natal vem exclusivamente dele. Já fiz isso 2 anos e foi bem legal. Esse ano estou pensando em orientá-los a guardar um pouco do dinheiro do ano e usar só uma parte para presente de natal.

Uma pergunta: qual seria o valor ideal de uma mesada?
avatar
Ogro do Cerrado
Poupador
Poupador

Masculino Número de Mensagens : 15
Data de inscrição : 07/10/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comprar algo e depois descontar da mesada incentiva as dívidas

Mensagem por Mauricio Katayama em Qua Out 08, 2008 12:36 am

Ogro do Cerrado escreveu:Que coisa... Eu já fiz isso... A última vez foi essa semana, adiantando 2/3 do dinheiro da mesada (R$ 30) para compra de um presente de aniversário para um coleguinha - fui mal? Depois pensei que deveria rachar a despesa...

Olha Ogro, normalmente não é bom adiantar a mesada porque isso cultiva na criança o imediatismo. Ao invés de juntar o dinheiro para comprar as coisas à vista, ela crescerá acostumada a ter as coisas agora e pagar prestações com juros mais tarde. Só que essa situação é um caso particular, porque como havia uma data limite (o aniversário do coleguinha) talvez seu filho não pudesse esperar para juntar o dinheiro.

[qutar o dinheiro.

Dou uma mesada e oriento eles guardarem tudo ou pelo menos 2/3. O dinheiro vai para um porquinho Embarassed que é quebrado no final do ano. O dinheiro para compra de presentes de natal vem exclusivamente dele. Já fiz isso 2 anos e foi bem legal. Esse ano estou pensando em orientá-los a guardar um pouco do dinheiro do ano e usar só uma parte para presente de natal.

Essa atitude está corretíssima, inclusive comentei lá no post inicial que eu considero isso como a melhor atitude. Colocar no porquinho é legal, porque se você colocar em algo abstrato (como uma caderneta de poupança) a criança não vê o dinheiro aumentando. Escolha cofrinhos transparentes ou vidros, para que ela veja o dinheiro crescendo com o tempo. Você está ensinando o seguinte para seus filhos: "guardem agora e vocês terão algo melhor no futuro!"

Uma pergunta: qual seria o valor ideal de uma mesada?

Depende bastante do orçamento de cada família. A maioria dos consultores recomenda que se dê uma semanada (pois para as crianças a noção de tempo é diferente, ele passa mais devagar) no valor de R$ 1,00 por ano de idade, isso até os 10 anos. Por exemplo, uma criança de 7 anos poderia receber R$ 7,00 por semana.
avatar
Mauricio Katayama
Administrador
Administrador

Masculino Número de Mensagens : 803
Data de inscrição : 25/07/2008

Ver perfil do usuário http://investidores.forum3.info

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comprar algo e depois descontar da mesada incentiva as dívidas

Mensagem por Ogro do Cerrado em Qua Out 08, 2008 7:50 am

Valeu Maurício,

a idéia do porquinho foi essa mesma que você falou. Eles adoram ver o bichinho ficando cheio de notas e moedas. De qualquer forma eu estou pensando em abrir uma poupança para eles. Estava pensando em dar R$ 100 por mês, mantendo os R$ 30 para o porquinho e despesas (um tem 9 e o outro 6 anos), e fazendo com eles (preenchendo inclusive o depósito) uma aplicação dos R$ 70 na poupança. Tenho um valor considerável num título de capitalização dado como fiança de um aluguel que quando eu pegar de volta será um aporte na poupança para eles, já que tinham um valor a uns 2 anos e eu precisei usar.
avatar
Ogro do Cerrado
Poupador
Poupador

Masculino Número de Mensagens : 15
Data de inscrição : 07/10/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comprar algo e depois descontar da mesada incentiva as dívidas

Mensagem por Mauricio Katayama em Qua Out 08, 2008 10:20 am

Ah, aí é legal: separar uma porcentagem para a poupança, para ajudar no futuro deles!

Já sobre o título de capitalização, infelizmente é um péssimo lugar pra colocar o seu dinheiro Ogro. Como você já começou um, convém ficar com ele até a data do resgate. Mas quando você resgatá-lo, venha ao fórum para que possamos aconselhar opções melhores.

_________________
"Informação + Educação = Conhecimento" - Robert Kiyosaki
Fórum Clube do Pai Rico - http://www.clubedopairico.com.br/forum/index.php
avatar
Mauricio Katayama
Administrador
Administrador

Masculino Número de Mensagens : 803
Data de inscrição : 25/07/2008

Ver perfil do usuário http://investidores.forum3.info

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comprar algo e depois descontar da mesada incentiva as dívidas

Mensagem por Ogro do Cerrado em Qua Out 08, 2008 2:16 pm

Sei que o título de capitalização não é uma boa, mas precisava alugar um apto e não tinha como conseguir fiadores. As opções eram o seguro fiança, cujo valor em torno de 1.500 eu nunca mais iria ver, ou uma capitalização de 7.200, dada como garantia e com resgate total no final de um ano. Achei a segunda opção melhor, apesar de não ser propriamente uma aplicação.
avatar
Ogro do Cerrado
Poupador
Poupador

Masculino Número de Mensagens : 15
Data de inscrição : 07/10/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comprar algo e depois descontar da mesada incentiva as dívidas

Mensagem por Mauricio Katayama em Qua Out 08, 2008 2:25 pm

Hmm cara, que sacanagem do banco... eles fizeram uma venda casada, o que é proibido por lei.

_________________
"Informação + Educação = Conhecimento" - Robert Kiyosaki
Fórum Clube do Pai Rico - http://www.clubedopairico.com.br/forum/index.php
avatar
Mauricio Katayama
Administrador
Administrador

Masculino Número de Mensagens : 803
Data de inscrição : 25/07/2008

Ver perfil do usuário http://investidores.forum3.info

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: comprar algo e depois descontar da mesada incentiva as dívidas

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum